Arquivo da tag: McLaren

As cores da McLaren 

Eis que finalmente a McLaren apresentou o novo layout de seus carros para 2015, abandonando o prateado ligado à Mercedes.

Mas para tristeza das viúvas do Senna ele não é vermelho e branco, apesar de ter sido as cores mais utilizadas na sua história e ligada às suas maiores conquistas. Maaasss elas também são as cores da Malboro e ela hoje está com a Ferrari, ou seja, não vai rolar. Aceitem!

Por outro lado ela também não ficou Laranja como os saudosistas gostariam e que acham ser a cor original da escudeira. Não, não é…

Vejam todas os layout já usados pela equipe de Woking:

Verde e Branco – 1966

McLaren Branca e Verde

Vermelho – 1967

McLaren Vermelha

Laranja – 1968 a 1971

McLaren Laranja

Branco e Laranja – 1972 – 1973

McLaren Branca e Laranja

Vermelho e Branco – 1974 – 1996

McLaren Vermelho e Branco

Prata  e Preto – 1997 – 2005

McLaren Prata e Preto

Cromada – 2006 a 2015

McLaren cromada

Cinza e Preta – Atual

McLaren cinza e preta

 

Agora uma coisa que ninguém pode negar, apesar da beleza do carro, é que ele se parece muito com a Hispania.

Hispania

 

F1-2015 o que esperar

Acabaram os treinos e agora é empacotar tudo para primeira prova na Australia…. Tubo bem que treino é treino e corrida são corridas, mas o qua dá para “ler” dos treinos para prever o que vai ser a temporada?

IMG_1132.JPGBem aqui vão meus pitacos, vamos ver no final da temporada o quanto acertei…..

  1. A McLaren vai sofrer menos do que os testes indicam e mais do que gostaria. Resumindo, vai brigar com Lotus e Toro Rosso, beliscando alguma coisa no final da temporada;
  2. A Sauber pode ser uma surpresa no inicio do ano, mas vai perder força por não poder investir no carro e vai brigar com a Force India para ver quem não fica em último e consegue alguns pontos (pachecos com olhos marejados pelo Nasr);
  3. O campeonato será disputado entre Hamilton e Rosberg, pois a Mercedes está sobrando ainda… Arrisco algo em torno de meio-segundo à oito décimos e isso é muita coisa;
  4. Visto o tópico anterior, Hamilton será Tricampeão este ano;
  5. A Ferrari foi a equipe que mais evoluiu (chora Alonso) e será a segunda força um pouco a frente da Red Bull e da Williams, que parece não ter evoluído tanto quando a Ferrari e já estava atrás da Red Bull em 2014;
  6. Vettel vai ser melhor que em 2014 e pode ganhar 1 corrida, talvez em Monaco;
  7. Massa ganhando será algo bem casual com problemas em ambas as Mercedes e fazendo chover na pista (podem ir para a Cantareira pachecos);
  8. A Lotus pode surpreender em alguma corrida, pois motor eles tem, basta acertarem o carro que peca pelo ano perdido de 2014;
  9. Teremos corridas interessantes acompanhando do 3 colocado em diante e caso a Mercedes mantenha a política de deixar seus pilotos brigarem.

E vocês, quais são seus pitacos?

McLaren Sony a caminho? – UPDATE McLaren Mobil

Esta semana teremos o início da temporada 2014 da F1 com várias mudanças na parte técnica, de pilotos e na de patrocínios. Muito se falou da nova Williams com o patrocinio da Martini (que ficou bem legal!), mas pouco se fala da McLaren que também está sem um Title-Sponsor desde que a Vodafone pulou fora no final do ano passado.

Mas parece que teremos novidades esta semana pois já aparecerem imagens da carenagem da McLaren que e ela está com um pintura das laterais em preto, ao invés do cromado e levanta a questão:

Será que teremos a McLaren-Sony aparecendo nesta quinta-feira?

UPDATE

Não foi desta vez…. Parece que Ron Dennis está tendo mais trabalho do que imaginou para encontrar um novo Title-Sponsor para a McLaren. Portanto nesta corrida da Austrália ela irá homenagear a parceira de longa data (20 anos a serem completados em 2014) Mobil, com isso o carro será este aqui:

Ficou bonito, mas eu teria feito a lateral do bico e o suporte da asa em preto também, o que iria disfarçar o bico de tamanduá.

F1 em 2014 é uma caixinha de surpresas

McLaren Bahrein 2014

Finalmente os testes da pré-temporada da F1 para este ano acabaram e com eles temos a certeza de que não haverá certezas neste ano.

Com a mudança brutal do regulamento que mexeu profundamente não só na parte aerodinamica dos carros, mas principlamente nos motores, bagunçou as equipes de tal maneira que se daqui a 2 semanas em Melbourne as equipes não evoluirem, vai ser difícil para Vettel e Ricciardo conseguirem ficar dentro dos 107% e se conseguirem um Q2 será comemorado como vitória.

Pelo resultados dos testes do Bahrein e de Jerez sabemos que, pelo menos no início do campeonato as cocorridas serão monopolizadas pelos carros com motor Mercedes, variando apenas nas equipas e pilotos, pois temos um componente muito importante neste ano que é a limitação do combustível.

OK, os pilotos deram mais de 100 voltas com os carros, mas não sabemos se eles estavam dentro do limite de 100Kg ou se toddas as voltas foram feitas no limite como no caso das corridas. Será que quando precisarem efetuar as 50 voltas aproximadamente das provas, mas com um rival na cola e tendo que acelerar o tempo todo a gasolina vai dar? Tenho minhas dúvidas e acho que o Hamilton vai ficar a pé pelo menos umas 3 vezes neste ano por cauda do combustível.

No caso da Ferrari temos uma dúvida, que será sanada na primeira prova, será que ela escondeu o jogo (espero) ou ela está mesmo atrás das equipes com motor Mercedes? Um ponto importante é que os treinos são feitos com apenas 1 carro de cada equipe, portanto se na tabela de tempos a Ferrari aparece no máximo em segundo é de se esperar que em condições de corrida a vitória será se chegarem ao pódio. Já Sauber e Marussia irão brigar para ver quem fica atrás de um motor Renault, o que seria uma derrota para eles que usam Ferrari.

RedBull Bahrein 2014

No caso das quatro equipes que usam motor Renault — Red Bull, Toro Rosso, Lotus e Caterham — é certo dizer que já começam o Mundial fora da disputa e torcendo para que nenhuma equipe queira o usar o artigo 36.1 do Regulamento Desportivo da FIA que afirma que:

Durante a Q1, qualquer piloto cuja melhor volta de qualificação for superior a 107% do melhor tempo definido durante a sessão, ou que não consegue definir um tempo, não será autorizado a participar na corrida. No entanto, em circunstâncias excepcionais, o que pode incluir o estabelecimento de um tempo de volta adequado numa sessão de treinos livres, os comissários podem permitir que o carro participe na corrida. Deve haver mais do que um condutor aceite deste modo, a ordem do grid irá ser determinada pelos comissários desportivos“.

Eu acho dificil de acontecer, pois seria péssimo para o esporte, mas que há a chance real de que corram apenas pela benevolência das outras equipes, isso há!

Isso é muito parecido com o que aconteceu em 2009 quando houve a última grande mudança de regulamento que também afetou a aerodinamica, motor e introduziu o KERS. Naquele ano a campeã foi a Brawn GP renascida das cinzas da Honda que era uma carroça em 2008 e seguida de perto pela Red Bull que é a sucessora da Jaguar. E naquele ano Ferrari e McLaren sofreram com seus carros e até hoje não levaram nenhum campeonato, tendo a Red Bull tomado conta da brincadeira nos 4 últimos anos.

Mercedes2014

Na minha humilde opinião acho que Button e Massa (sem patriotismo aqui) tem muitas chances, por serem os mais experientes do grid e possuirem carros com motor Mercedes. Na Mercedes eu aposto mais no Rosberg do que em Hamilton e precisamos ver se ela não é um leão de treino novamente, comendo pneus como se não houvesse amanhã nas corridas.

Alonso e Kimi pode beliscar algo em algumas corridas pelo talento, mas terão muito trabalho caso a Ferrari não tenha escondido o jogo.

1 manhã de testes | Bahrein

A primeira manhã de testes da F1 noBahrein  acabou e podemos ver que realmente quem tem motor Mercedes está bem este ano (Massa se deu bem), pois a McLaren guiada pelo Magnussen ficou com o melhor tempo nesta fase do treino (olho no garoto), seguido por Hamilton da Mercedes.

Mas o ponto é, mais uma manhã se passou e a Red Bull não saiu dos boxes, assim como a Toro Rosso e antes de imputar toda a culpa no motor da Renault não podemos esquecer que a Caterham conseguiu fechar mais de 20 voltas e a Lotus que nem foi para Jerez também já tem 7 voltas sem problemas hoje.

Newey deve ter subido demais o sarrafo e pode estar potencializando os problemas do motor. Mas é a Toro Rosso que me deixa curioso, usavam motor Ferrari até 2013 e neste ano foram para Renault, como a irmã mais velha, e por estarem tendo tantos problemas quanto a Red Bull, será que as equipes não trocaram figurinhas sobre algumas partes do projeto?