O verdadeiro Smartwatch

Os smartwatchs para mim são uma solução a procura de um problema. Tentam fazer de tudo e no fundo não fazem nada de maneira decente, são um pato tecnológico ainda (lembre de olhar a data de publicação se ler isso em um futuro distante).

Se vc quer monitorar atividades físicas a Misfit, Fitbit, Mi Band ou a Loop 2 da Polar fazem isso muito bem e ainda por cima monitoram seu sono, pois suas baterias duram mais de um dia. Se você nada, a Misfit tem um modelo feito em conjunto com a Speedo para medições precisas, sem tirar sua atenção na piscina com as ultimas mensagens de bom dia no grupo da família no Whatsapp.

Se vc quer um companheiro para seu telefone, a Polar 2 vibra em notificações e alarmes para lhe alertar. Ok, vc não vai responder nele, mas vc realmente fica longe do celular tempo suficiente para que aquela mensagem não possa esperar para ser tratada?

Mas elas tem um problema, são sempre um item adicional no seu pulso, apesar de serem discretos.

Mas pensando nisso a Grayton pensou em uma solução que une estes 2 mundos de maneira elegante. Eles criaram o Origin que é um relógio mecânico de corda automática com um belo design clássico, que o faz parecer mais como uma jóia e em nada com o Apple Watch ou outro “smartwatch” do mercado (talvez o Gear 3 da Samsung chegue próximo).

A grande sacada aqui é que o relógio, continua a funcionar como um relógio de verdade não precisando de carga a cada 8h para você ver as horas, mas a pulseira sim  tem uma eletrônica embarcada dentro do couro que adiciona recursos inteligentes. 

É uma união que faz muito mais sentido, pra mim pelo menos, pois une a beleza e sofisticação dos relógios com recursos inteligentes. Além disso, vc pode trocar não só a pulseira, como o relógio em si e não perder as vantagens/informações.

A pulseira precisa de 2h de carga para durar 10 dias, pois ela não precisa se preocupar com a tela e sim com suas funções, já que o relógio é independente e por ser automático não precisa de bateria. E tudo sincronizado com um app no celular como as pulseiras fitness atualmente.

Seguindo a moda atual a fabricante está financiando a produção com uma campanha no Indiegogo.

O único senão dele é o preço que está na casa dos US$150,00 (caro para nós ainda), mas bem abaixo do valor pedido pela Apple pelo Watch Series 2 que está beirando os US$270,00.

Fiquei tentado… Se realmente ele vir a luz do dia ano que vem e a campanha der certo, é um forte candidato e um modelo para as empresas de relógios, lembrando que a Fóssil é a dona da Misfit e faz os aparelhos de diversas marcas.