Windows 8.1 Update1–A fusão entre a Moder UI e o Desktop

Apesar do esforço da Microsoft em tentar quebrar o paradigma do desktop montando uma interface nova que possa ser tão naturam em um computador como em um tablet ou telefone, a derrota para a resistência dos usuários comuns é notória. Segundo a Net Applications o Windows 8.1 fechou o mês de janeiro com 3,93% de participação no mercado – o suficiente para superar o Windows Vista –, enquanto o Windows 8 tem 6,63%. Enquanto isso, o Windows 7 também chegou a perder um pouco de seus usuários, mas apenas 0,03% (de 47,52% para 47,49%).

Windows 8.1 fecha janeiro com 3,93% do mercado

A Microsoft soltou um comercial senscional sobre a usabilidade da nova interface demosntrando que no fundo não passa de pura birra das pessoas em apresender algo diferente ou se adpatar.

O sistema não é perfeito para quem não tem touchscreen, fato, mas a estabilidade e velocidade compensão as adapatações necessárias. O aplicativo de email e o de calendário são muito bons e atendem perfeitamente ao seu propósito.

Mas a empresa não pode esperar a boa vontade dos usuários para reverter as vendas fracas do sistema a Microsoft está demosntrando uma bela boa vontade em ouvir as reclamações e bolar maneiras de tentar atende-las sem perder o foco na Modern UI (que é o futuro, aceitem…)

Após a liberação do Windows 8.1 é esperado para o mês de março o Update 1 do sistema que irá aprofundar a fusão das interfaces Como podemos ver nestas imagens, que o hacker Russo WZor publicou, agora será possível abrir as aplicações Modern no ambiente de trabalho.

Build_9600.16606_8

Além disso estas aplicações ganharão uma barra superior com o nome do App, o icone e o botão de fechar (Obrigado Bill, ficar arrastando a tela para baixo com o mouse não é tão prático assim)

Outro ponto que será atendido é a colocação de um botão de logoff ao lado no nome do usuário na tele de inicio.

Destas alterações a melhor de todas é poder usar as aplicações Modern direto do desktop, tornando possível configar o boot para ignorar a tela de inicio e mantendo o uso das apps Calendário e E-mail.

Acredito que com este modo de trabalho e aliado à velocidade e estabilidade do sistema a adoção do sistema será mais fácil para os usuários.