Murray quebra tabu de 77 anos

 

TheTimesExiste uma lenda que quando Andy Murray vai bem, os torcedores e a mídia no Reino Unido o chamam de britânico, mas contudo, entretanto, quando ele perde, é se torna um “simples” Escocês.

Mas….. A partir de hoje ele será para sempre um britanico, pois venceu, nada mais nada menos que Novak Djokovic (6-4, 7-5 e 6-4) na final de Winbledon, se tornando o primeiro nascido no Reino Unido a conquistar o torneio na Era Aberta, quebrando o tabu de 77 anos.

Um outro tabu, menor, foi quebrado: nos últimos três confrontos entre Murray e Djokovic, incluindo a decisão do Aberto da Austrália deste ano, Murray havia levado o primeiro set, mas perdido o jogo de virada. Desta vez, não. Ele se deixou levar pela empolgação da torcida, que contou com faixas com inscrições como “vamos fazer história”, e se manteve a frente durante todo o jogo.

Para ter uma ideia do ocorrido a capa de amanhã do The Times que ilustra o post é emblemática.