Só por causa de 0,20??–Aham, senta lá Claudia….

 

protesto fortaleza O grande protesto nacional não é sobre passagens de ônibus

Engraçado notar que muitas pessoas estão indignadas com as manifestações que estão ocorrendo em São Paulo acreditando que elas são por causa de apenas R$0,20 – inclusive teve jornalista dizendo que não tem R$0,20 da passagem, mas tem R$3.000,00 da fiança – e que é falta do que fazer de um bando de vagabundos.

Aham, senta lá Claudia!

O problema é que esta é uma visão tão rasa quanto a daqueles que ficam rotulando as pessoas de “Comunistas” ou “Reaças” no twitter (#Sejamelhor @RGottino) ou no facebook só porque você enchega um pouquinho mais dentro do abismo…. O problema é maior que isso e a existencia de eventos em outras cidades que nem tiveram aumento das passagens mostram que chegamos ao limite e que no fundo a grande causa da insatisfação é um caldeirão de insatisfações.

O Brasil vive hoje uma inflação de demanda (Leia este artigo e volte depois), ou seja, temos um estimulo desmedido ao consumo, sem a sua contrapartida na produção e na eficiência, então os preços sobem, mas com os estimulos governamentais as pessoas pagam mesmo assim. Hoje é normal um apartamento médio custar mais de R$1.000.000,00 (Não para mim) ou comprar um carro coreano médio a R$82.000,00 (Se está pensando em fazer uma das 2 coisas, pare e pense por favor).

Portanto, há mais em jogo nestes protestos do que os R$0,20, apesar dos manifestantes baterem na tecla de transporte gratuito. E bem, olhando para as nossas escolas e hospitais, acho que deixar o transporte totalmente na mão do governo e bancado por impostos não será uma boa ideia…… Mas se olharmos a cerne do problema veremos que as passagens tiveram que ser aumentadas devido à escalada da inflação nos últimos meses.

Mas só a inflação deixou as pessoas nervosas? Mesmo que a maioria deles conheça a inflação apenas pelos livros de história (Me senti antigo agora)?

Claro que não… Mas ela é o catalisador materializado nos R$0,20 da insatisfação de anos de corrupção, de impunidade, de dinheiro indo para a vala sem que o retorno nos serviços pagos nos impostos seja demosntrado.

Então na próxima passeata, quando mais de 5 mil pessoas estiverem juntas (independente da sua classe, credo ou cor) e cada uma com seus motivos e anseios particulares, gritanto e parando o transito; comemore, apoie!!! Pois talvéz assim os politicos que zombam da nossa cara possam passar a ficar um pouco preocupados….

Sou e serei contrário a todo tipo de vandalismo, assim como sou contra a violência policial, mas a perturbação da “ordem” de um governo corrupto que possui apenas um plano de poder baseado em Bolsas diversas ao invés de um plano de governo baseado em educação é digno de nota e aplauso.